Câmbio I-Motion – Conheça os prós e os contras deste tipo de câmbio

O I-Motion é o câmbio automatizado utilizado nos veículos da Volkswagen. Ele consiste em uma caixa manual de 5 velocidades com embreagem robotizada, o que dispensa o uso do pedal da esquerda.

Apesar de ter sido produzido pela Volkswagen, ele é muito semelhante ao câmbio Dualogic da Fiat. Praticamente ambos possuem o mesmo sistema.

Esse câmbio não possui o pedal de embreagem e nem alavanca de câmbio trocável. Ele conta com um joystick em que o motorista pode selecionar os comandos. Além disso, esse câmbio disponibiliza para o condutor o modo mecânico e automático.

No modo automático o veículo vai da primeira a quinta marcha sozinho. Enquanto que no modo mecânico o motorista é o responsável por efetuar as trocas das marchas, porém sem necessitar pisar na embreagem.

Não é considerado um câmbio muito confortável, pois as trocas de marchas não são suaves como as de um automático convencional. De uma forma geral, o I-Motion conta com várias características. Nesse caso é fundamental medir os seus prós e contras.

Câmbio I-Motion e os trancos na hora da troca de marchas

Entre os prós e os contras do I-Motion, uma das grandes reclamações dos motoristas faz referência aos trancos durante a mudança de marchas.

Os trancos se tornam mais intensos caso o motorista realize a troca de marchas com o pé fundo no acelerador ou com o botão “S” pressionado. Tal botão faz com que a direção do veículo entre no modo “Sport” e as trocas de marchas são feitas a mais de 5000 RPMs.

Diante disso, a presença dos trancos é inevitável. Ou seja, mesmo em um carro automático as trocas das marchas serão percebidas se o giro do motor estiver no máximo.

A melhor maneira para reduzir esses engasgos durante a mudança das marchas é aliviar um pouco o pé ao perceber as trocas das marchas.

Quanto à vida útil, a do câmbio automatizado não é tão longa. Isso ocorre devido ao tipo de sistema usado e também pelo desgaste comum do tempo de uso.

As vantagens do câmbio I-Motion

Apesar dos famosos trancos na hora de dirigir, é válido ter em mente que esse câmbio automatizado também conta com alguns benefícios. Entre eles vale mencionar alguns abaixo.

Menor consumo de combustível

 O I-Motion, como um bom automatizado não bebe tanto combustível quanto os automáticos. Isso ocorre pelo fato de que o mesmo não possui o conversor de torque que substitui a embreagem nos automáticos.

Baixo custo com manutenção

 Por ter várias semelhanças com um câmbio tradicional, ele não apresenta gastos excessivos com manutenção e revisão. Nos câmbios automatizados, a principal exigência de manutenção diz respeito à troca de embreagem.

Seu carro anda bebendo muito? Veja mais sobre a limpeza de bicos, pois ela pode ser a solução para a bebedeira do seu veículo

Aplicação

 Por ser considerado um câmbio mais leve, pode tranquilamente ser aplicado em motores menores.

Preço

 Além de ser mais simples, há vários componentes de uma transmissão convencional, se beneficiando da economia de escala. No entanto, o de dupla embreagem é o mais caro.

Dicas para dirigir um carro com câmbio I-Motion

Famoso por causa dos trancos durante as mudanças de marchas, nem todos os motoristas se adaptam a esse câmbio. Sendo assim, ao dirigir um carro com o câmbio automatizado I-Motion é importante conhecer alguns macetes que o tornarão mais confortável.

Entretanto, não é uma boa ideia que o motorista “segure” o carro utilizando o acelerador por muito tempo. Isso pode gerar um aquecimento excessivo do motor.

Em tais circunstâncias a ação mais recomendada é utilizar o freio. Além disso, ao efetuar a arrancada em uma subida íngreme, é comum o carro recuar muito. Caso haja um veículo atrás, isso poderá provocar uma batida.

Esse recuo ocorre porque os sensores não conseguem identificar de maneira precisa a inclinação a ponto de promover um movimento mais rápido do fechamento da embreagem, impossibilitando o retorno.

Por isso, para evitar esses e outros probleminhas ao dirigir um veículo equipado com câmbio I-Motion, confira algumas dicas.

Mantenha o pé esquerdo parado

 Nos automóveis com câmbio automatizado, o condutor não tem a necessidade de pisar na embreagem. Além disso, manter o pé esquerdo parado, em repouso, sem uso, é a grande dificuldade para motoristas pouco habituados a esse tipo de modelo.

No entanto, ainda assim evite ao máximo utilizar o pé esquerdo no freio. Caso isso ocorra, a tendência será o carro dar o famoso e incômodo tranco.

Na hora de dar a partida

 Antes de girar a chave para dar a partida no carro não esqueça de pisar no freio. Em seguida passe o câmbio da posição N (Neutro) para D (Drive) ou M (Manual).

Depois tire o pé do freio e libere o freio de mão. Por fim, comece a acelerar o carro aos poucos.

Dirigir na posição D

 Ao optar pelo modo Drive o carro vai efetuar as trocas de marcha e o motorista terá o único trabalho de controlar a aceleração. Para reduzir a velocidade é preciso diminuir a aceleração e frear de maneira suave.

Dirigir na posição M

 Ao optar pelo modo manual, o motorista deverá realizar as mudanças de marcha, porém sem pisar na embreagem. Para isso, basta apenas controlar a aceleração e desaceleração e efetuar as mudanças de marcha no próprio câmbio ou nas borboletas presentes no volante.

Caso for efetuar a troca de marcha no próprio câmbio, vale salientar que para subir a marcha é necessário fazer um toque para frente. Já para descer é necessário efetuar um toque para trás.

A troca de marcha na borboleta funciona do seguinte modo: para subir a marcha é preciso acionar a borboleta da direita. Para descer a marcha é preciso acionar a da esquerda.

Tem dúvidas sobre câmbio automático? Neste post esclarecemos as 10 principais questões sobre o assunto

 

Engatando a ré com o câmbio I-motion

 É uma manobra bastante simples. Para isso é necessário parar o carro e em seguida colocar o câmbio na posição R.

O câmbio I-Motion da Volkswagen já deixou de ser utilizado

 Apesar das vantagens do câmbio I-motion , as desvantagens serviram também para desestimular muitos motoristas a investirem nele.

Porém, alguns carros ainda contam com esse tipo de câmbio. Portanto, se você possui um carro equipado com um I-motion ou conhece alguém que tenha, não deixe de levar o veículo em oficinas mecânicas qualificadas.

A Gaúcha Car é uma oficina mecânica em Curitiba especializada em câmbio automático e pode solucionar qualquer problema no seu veículo. Temos profissionais altamente capacitados e equipamentos de ultima geração para detectar os principais problemas automotivos.

 

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *